Hospital Maria Lucinda promove Semana da Enfermagem com o tema Cuidado e fé: duas necessidades atuais

Para celebrar o Dia Internacional da Enfermagem, o Hospital Maria Lucinda promoveu a II Semana de Enfermagem, com um ciclo de atividades voltadas para esses colaboradores. Entre os dias 12 e 21 de maio, os participantes foram homenageados, assistiram a palestras e receberam brindes do hospital e de empresas parceiras.

Sobre o tema “Cuidado e fé: duas necessidades atuais”, o cronograma de palestras contou com nove encontros diários, realizados de forma virtual e ministrados por especialistas em enfermagem. Entre os temas abordados, estavam a segurança do paciente, a importância da comissão de ética em enfermagem, alguns assuntos técnicos e questões sobre fé.

“Estamos vivendo uma situação complexa e nunca foi tão importante a presença da enfermagem como agora. Tanto na questão física, do cuidar diretamente dos pacientes e da execução dos cuidados, quanto na perspectiva da fé que vamos vencer a pandemia e que o paciente vai ficar bem”, explicou a coordenadora de Enfermagem do Maria Lucinda, Jackeline Diniz.

Todos os enfermeiros e técnicos de enfermagem do Hospital Maria Lucinda receberam uma caneca comemorativa como um gesto de agradecimento. Alguns profissionais, que foram destaque nos seus setores, tiveram a foto exposta nos quadros de avisos.

Empresas solidárias ofereceram brindes, como Loja Cotidiana, de cosméticos; Loja Antônia, de roupas; A Lojinha Estúdio, de plantas domésticas; Loja Sentir Afeto, de cosméticos; Maia Work, de trajes cirúrgicos profissionais; e a Faculdade Unyleya, que ofereceu descontos nos cursos de pós-graduação para os profissionais do hospital.

“A Semana de Enfermagem foi voltada para comemorar e agradecer o trabalho realizado durante todo o ano. A equipe do Maria Lucinda tem diferenciais, pois é comprometida e humanizada. Mesmo em dias mais difíceis, temos que agradecer a cada um por sua dedicação”, ressaltou Jackeline Diniz.

Profissionais do Hospital Maria Lucinda são finalistas no prêmio idealizado pelo Coren-PE

Em reconhecimento ao esforço, dedicação e o trabalho contínuo para salvar vidas, a enfermeira Irmã Carmem Lucia Queiroga e o técnico de enfermagem Leandro Barbosa da Silva, do Hospital Maria Lucinda, ficaram entre os 10 finalistas do Prêmio Ivanete Alves do Nascimento, criado pelo Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE). A premiação tem como finalidade, reconhecer e homenagear profissionais da área de Enfermagem que se destacaram no exercício da profissão, nos aspectos técnico, científico, legal e ético.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *