Hospital Maria Lucinda realiza mutirão de atendimento a crianças com microcefalia promovido pela SES

O Hospital Maria Lucinda realizou, na última sexta-feira (21), um mutirão promovido pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES), que beneficiou 28 crianças com microcefalia.  Na ocasião, foram atendidos pacientes de diferentes idades de várias cidades do estado com aplicação de toxina botulínica e consultas em neuropediatria.

As crianças atendidas no mutirão foram indicadas pelo Rarus – Centro de Referência em Doenças Raras do estado, administrado pelo Hospital Maria Lucinda. O ortopedista Epitácio Rolim, realizou em 16 crianças a aplicação da toxina botulínica, conhecida popularmente como botox.

“A toxina   é aplicada diretamente no músculo das crianças, ajudando a diminuir a rigidez dos músculos e os espasmos. Possibilitando um melhor movimento durante a fisioterapia, já que os músculos ficam mais flexíveis,” disse o ortopedista.

As outras 12 crianças foram atendidas pela neuropediatra Vanessa Van Der Linden, uma das coordenadoras do Centro de Referência em Doenças Raras do estado. Segundo Laura Patriota, coordenadora do Núcleo de Apoio às Famílias de Crianças com Microcefalia da SES, esses pacientes são portadores da microcefalia, mas ainda estão em estágio de identificação e diagnóstico para confirmar se a condição foi causada pela síndrome congênita do zika vírus ou por outro motivo.

“Realizamos, em média, 10 mutirões por ano, e a ideia é que possamos continuar realizando outras edições aqui no Maria Lucinda”, afirmou a coordenadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *