Maria Lucinda inaugura, em parceria com a Prefeitura do Recife, 14 leitos pediátricos para pacientes de Covid e Influenza (H3N2)

O prefeito João Campos e a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, visitaram o Hospital na última sexta-feira, 14, para conhecer as instalações dos novos leitos

O Hospital Maria Lucinda passa a contar, a partir desta segunda-feira, 17, com mais 14 leitos pediátricos para pacientes infantis de Covid e Influenza (H3N2). A iniciativa é uma parceria com a Prefeitura do Recife, através da Secretaria Municipal de Saúde. Para selar o acordo, o superintendente-geral da Unidade Hospitalar, o médico Luiz Alberto Araújo, recebeu, na última sexta-feira, 14, a visita do Prefeito do Recife, João Campos, e da secretária municipal de Saúde, Luciana Albuquerque.

Durante a visita, eles conheceram as instalações do setor de Pediatria, onde ficam os 14 novos leitos, e outras alas da Unidade. Também acompanharam a visitação a diretora Administrativa do Maria Lucinda, Ana Cristina Passavante, o diretor médico, Luciano Arraes, a coordenadora médica, Fernanda Serpa e a coordenadora de Enfermagem, Jaqueline Diniz.

Na ocasião, o prefeito João Campos destacou a importância da parceria com o Hospital Maria Lucinda. “Através dessa parceria, a partir da próxima segunda-feira, estarão funcionando 14 novos leitos destinados à Pediatria aqui no Recife. Essa é uma ação da Prefeitura do Recife, que, através da Secretaria Municipal de Saúde, procurou o Hospital Maria Lucinda para custear o funcionamento desses novos leitos. Eles são destinados para crianças que apresentem qualquer problema respiratório em virtude da Covid e da Influenza. São 14 novas acomodações, todas bem equipadas e estruturadas, além do atendimento humanizado para receber os pacientes infantis”, disse João Campos.

Parceria – De acordo com o superintendente-geral do Maria Lucinda, Luiz Alberto Araújo, esta ação é mais uma parceria do Hospital com a Prefeitura do Recife. “A Prefeitura do Recife é nossa principal parceira no que se diz respeito a assistência, sobretudo a assistência de baixa e média complexidade. E neste momento em que os números estão cada vez mais crescentes de Covid e da Influenza H3N2, disponibilizar mais 14 leitos de retaguarda para acolher esses pacientes é de extrema importância”, ressaltou.

O superintendente-geral também explicou como será o funcionamento dos novos leitos. “Esses pacientes vão ser regulados através do Hospital Helena Moura, que historicamente já tem uma conexão com a nossa emergência pediátrica, através da qual nós acolhemos pacientes do município de Recife. Com esse convênio de parceria e com a ampliação dos 14 novos leitos, que irão se somar a outros 30, todos vinculados à Prefeitura do Recife e em funcionamento aqui no Maria Lucinda, iremos proporcionar um atendimento maior para essas crianças”, concluiu o médico Luiz Alberto Araújo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *